Novidade no Carnaval de Salvador 2018, as Body Worns – câmeras acopladas as fardas dos policiais militares – também auxiliarão no monitoramento dos acessos para a Micareta de Feira de Santana, que acontece entre os dias 19 e 22 de abril. Para a octogésima edição da festa, abertura de carnavais fora de época, a Secretaria da Segurança Pública montou um esquema especial com cerca seis mil policiais e bombeiros, no Circuito Maneca Ferreira (Avenida Presidente Dultra) e em seu entorno.
Cerca de R$ 5 milhões estão sendo investidos pelo Governo do Estado para garantir rapidez no atendimento aos foliões. Os principais acessos da festa vão ser monitorados por oito Portais de Abordagens, que contarão com seis Body Worns. Além do equipamento que transmite imagens e áudios em tempo real, os profissionais também utilizarão detectores de metais para impedir a entrada de armas de fogo e brancas na avenida.
O monitoramento também será realizado com o apoio do Centro Integrado de Comando e Controle Móvel que enviará imagens para o Centro de Operações e Inteligencia – na capital.Drones também facilitarão a localização de ações delituosas e identificação dos criminosos no trajeto e entorno da folia.
A Operação Ronda Maria da Penha, por sua vez, irá dispor de equipes no evento para atuar em possíveis casos de violência de gênero e realizará campanhas educativas. Os principais corredores de tráfego, pontos de ônibus e de táxi serão vistoriados através da ‘Folia e Paz’, que oferece segurança para o folião na ida e volta para casa.
A Polícia Militar empregará quase cinco mil policiais, divididos em 981 patrulhas apoiadas por 24 Postos Elevados de observação, quatro Postos de Comando de Área e os de abordagens com apoio montado, motorizado, aéreo, além de atividades de inteligência. Serão aplicados efetivos das Rondas Especiais, Companhias Independentes de Polícia Militar, Grupamento Aéreo (Graer) Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Esquadrão de Polícia Montada e Grupo de Ações Rápidas Repressivas Avançadas (Garra).

Além dos quatro Postos Policiais Integrados, onde o cidadão poderá encontrar as principais forças de segurança, a Polícia Civil também implantará no trajeto da folia uma Central de Flagrantes – que entrará em funcionamento na quarta-feira (18) – e no antigo Colégio Estadual, situado na rua Juarcy Magalhães, onde manterá um ônibus delegacia e montará outras três unidades: Delegacias Especial de Área (DEA), do Adolescente Infrator (DAI) e de Tóxicos e Entorpecentes (DTE).
Seu efetivo contará com 370 profissionais, sendo 79 do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado.
Bombeiros e DPT
O Corpo de Bombeiros Militar atuará na folia de Feira de Santana com especialistas em atendimento pré hospitalar e ambulância de resgate, além de viaturas de combate a incêndio. Cerca de 260 profissionais foram convocados para o evento. Um Posto de Comando dos Bombeiros foi montado no cruzamento da Avenida Presidente Dutra (circuito da micareta) com a Maria Quitéria.
Já o Departamento de Polícia Técnica ampliou o quadro de peritos e corpo administrativo para acelerar os casos de análises de drogas e perícias.

Fonte: Ascom/Marcia Santana