Ontem 07/11(Terça-feira),foi dia de discussão,gritaria e bate-boca na Câmara de Amélia Rodrigues,por conta de uma votação onde daria o direito de uma mãe falar sobre o que ocorreu com o seu filho.

Foram 4 votos contra e 4 a favor,por conta deste empate,o Presidente Daniel votou a favor,dando o direito da senhora se expor.

Segundo a senhora Edneide, o fato não aconteceu bem como noticiado, sendo que seu filho na verdade foi baleado por “guarda municipal”, ao contrario do que foi dito, onde os preposto foram recebidos a tiros.O filho da Srª Edneide foi baleado de raspão no peito, recebeu socorro e esta com saúde estável.