O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins da Silva Filho (MDB), irá a Brasília pedir orientação para ajudar o município pagar seus compromissos com preactórios – solicitação da APLB-Feira. A dívida é de aproximadamente R$ 220 milhões.

“Irei a Brasília solicitar uma audiência com o ministro Barroso e o Tribunal de Contas da União (TCU) para obter as melhores informações da utilização do recurso”, anunciou Colbert.

Audiência – Em um encontro realizado na manhã desta terça-feira (26) entre APLB e Prefeitura, o prefeito disse não acreditar que a cetegoria deflagre greve municipal dos professores.

“Uma greve que pode prejudicar os alunos não é a melhor solução, e eu espero que isso não aconteça. Eu acredito que os professores não irão fazer uma greve que prejudique 49 mil estudantes. Nós [prefeitura] pagamos todos os reajustes em 2018”

Com informações do repórter Taiuri Reis

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui