Em conversa com o Panorama Geral 1, Ednilson Ribeiro, o Nilsinho (PRB), fala sobre as eleições para a nova Mesa Diretora, mas se esquiva sobre os motivos de sua desistência em concorrer ao pleito.

 

Após a eleição da Câmara Municipal de Conceição do Jacuípe, a fim de compor a nova Mesa Diretora para o Biênio 2019-2020, na noite de ontem (19), o atual presidente, Nilsinho (PRB), conversou com o Panorama Geral 1 sobre o processo eleitoral. Pedro Andrade, mais conhecido como Pedro Delegado (PDT), foi escolhido como presidente sem disputa, em chapa única.

Segundo Nilsinho, embora Pedro Delegado tenha sido o único candidato, outros nomes foram ventilados, como o da vereadora Flávia Teixeira (PSD), que sempre teve o desejo de ser candidata e já demonstrou insatisfação por não ter conseguido participar do pleito em razão de não formar uma chapa.

Ao tratar sobre os reais motivos que o levaram a não concorrer à reeleição, no entanto, o presidente se esquiva e desconversa, dizendo que seu nome foi cogitado, mas estava aguardando a decisão do Tribunal de Contas dos Municípios referentes ao exercício de 2017, mas não conclui sua linha de raciocínio. Mesmo questionado pelo radialista Ivan Costa sobre a reeleição, segue falando sobre a aprovação de suas contas em 11 de dezembro e da importância desse julgamento, considerando que somente o Tribunal pode aprovar ou não as contas referentes ao Legislativo.

Nilsinho afirma que é preciso respeitar a decisão da maioria, pois estamos vivendo um processo democrático e as escolhas foram feitas. Finaliza desejando que o presidente eleito, Pedro Delegado, possa realizar tudo aquilo que a Câmara pensa e o povo de Berimbau precisa nesse novo Biênio, além de agradecer a todos os que estiveram presentes na sessão.