Um menino de apenas 4 anos foi morto a facadas por um vizinho, que teria se irritado após uma das crianças que brincavam na rua atirar uma pedra contra o cachorro dele. Luiz Francisco da Silva, 31 anos, está preso.

Aberta as inscrições para o concurso da Rainha do São Pedro de Amélia Rodrigues

Na sede do IML de Recife, onde aguardava a liberação do corpo neste sábado (5), a mãe de Ribery contou ao Jornal do Commercio como tudo aconteceu. “Ele estava brincando na casa de um coleguinha. O homem já tinha furado uma menina na rua com a faca e subiu a ladeira. Foi aí que viu o meu filho e o outro menino dentro do terraço brincando. Ele o acertou pela grade”.

Segundo os familiares e amigos, a criança era muito comunicativa e querida pelos vizinhos e professores. Antes do crime, Ribery estava na aula de reforço. “Ele chegou e falou ‘mamãe, já fiz toda a minha tarefinha’. Poucos minutos depois, aconteceu. Ainda que eu tivesse corrido, não dava tempo. Eu peguei ele nos braços todo ensanguentado, sem saber o que tinha acontecido. Achei que tinha se machucado brincando. Não sabia da gravidade. Meu filho morreu nos meus braços, ressonando nos meus braços”, lembra emocionada.

A família mora há mais de seis anos no local e conhecia o suspeito. “Ele era calado, vivia dentro de casa, nunca tinha mostrado esse tipo de comportamento. Ele foi mesmo para matar o meu filho. Estou desolada. Quero justiça.”

Após esfaquear os menores, o suspeito correu para a Cadeia Pública de Macaparana, onde foi detido e levado para a Delegacia de Goiana.