A Polícia Federal descartou a possibilidade de o avião do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, ter sido sabotado, segundo o jornal Folha de S. Paulo. De acordo com a publicação, a PF não detectou sinais de explosivos, produtos químicos ou de que tenha ocorrido um incêndio interno na aeronave. O ex-ministro morreu, no dia 19 de janeiro do ano passado, após o avião turboélice King Air em que viajava de férias cair no mar próximo à pista de pouso de Paraty, no Rio de Janeiro. Fonte: Bahia.Ba

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui