Crédito da Foto: Alberto Maraux/divulgação/SSP

O ex-empresário e ex-influenciador digital Iuri dos Santos Abrão Silva, mais conhecido como “Iuri Sheik”, vai deixar a prisão ainda nesta segunda-feira (14/9). A informação foi confirmada pelo advogado dele, Victor Valente.

Iuri é acusado de matar o também empresário William Oliveira em junho de 2019 no interior da Bahia. O advogado do ex-influenciador não deu detalhes, mas informou que “Sheik” foi beneficiado por um habeas corpus proferido pelo desembargador Eserval Rocha, do Tribunal de Justiça da Bahia.

TEMPO NA PRISÃO 

William Oliveira foi baleado no dia 23 de junho durante um “paredão” em Santo Antônio de Jesus, a 190 km de Salvador. Três dias depois, Iuri se entregou na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Salvador, horas depois de confirmada a morte de “Will”.

Em abril deste ano, a defesa dele pediu a liberdade, sob a alegação que o ex-empresário, custodiado no Complexo Penitenciário da Mata Escura, estaria doente. Nas redes sociais, chegou-se a cogitar a possibilidade de coronavírus. A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) negou que Iuri tenha sido isolado. De acordo com a pasta, o preso chegou a ser internado, mas não apresentou problemas de saúde.

Um atestado médico apresentado no mesmo mês, contudo, mostrou que Iuri foi diagnosticado com síndrome gripal. Sheik é portador de asma, uma das doenças respiratórias crônicas que fazem parte do grupo de risco da Covid-19.

Na época, um dos advogados do ex-empresário, Victor Valente, não quis dar detalhes sobre o estado de saúde do seu cliente. “O pedido [de liberdade] foi feito, mas ele tramita normalmente na Justiça, sem previsão de quando teremos um retorno. Ele pode sair a qualquer momento, sim, porque a resposta pode sair a qualquer momento, mas não tivemos nenhuma resolução até agora”, disse, na oportunidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui