Taiuri Reis
 
Sob pena de multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento, o desembargador Raimundo Sérgio Sales Cafezeiro, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), determinou a suspensão da greve dos professores da rede municipal de Feira de Santana. A liminar, deferida nesta quinta-feira (28), deverá ser cumprida no prazo de 24 horas.
 
Na decisão, o desembargador deu ainda parecer favorável à prefeitura para descontar os dias não trabalhados dos professores, que aderiram ao movimento iniciado no último dia 11 de março.
 
De Olho na Cidade entrou em contato com a presidente da ALPB Sindicato, Marlede Oliveira, mas ela não atendeu as ligações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui