Embora não haja qualquer registro sobre o incidente que culminou no esfaqueamento da dançarina Elizabeth Gonçalves, a Japinha Negra Japa, a 12ª Delegacia Territorial (DT) de Itapuã vai iniciar as investigações sobre o caso, a assessoria de comunicação da Polícia Civil disse que vai começar a apuração com base em informações preliminares. O objetivo é “identificar os envolvidos, esclarecer os fatos e responsabilizar os autores”, diz a corporação.
A integrante da banda La Furia foi esfaqueada no fim da tarde dessa terça-feira (16). Procurada  a assessoria da banda afirmou que Japa foi vítima de um assalto no bairro de Itapuã e, em meio à ação criminosa, foi esfaqueada e teve o pulmão atingido. Sem mais detalhes, eles adiantaram apenas que ela foi operada no Hospital Municipal e não corre risco de morte.
No entanto, desde ontem à noite, uma nova versão passou a circular: Japa estaria se relacionando com um homem comprometido e a esposa dele seria a responsável pela facada. não conseguiu confirmar a informação, mas um vídeo e um áudio da suposta autora do crime já repercutem na web .