O operador de transmissão Miguel Brendo Pontes Simões, de 21 anos, vítima da queda do Globocop, em Recife, morreu na manhã desta quinta-feira (1º), no Hospital da Restauração, na região central da capital pernambucana.

A informação foi confirmada pelo G1 de Pernambuco. Ele era o único sobrevivente da queda do helicóptero, ocorrida no dia 23 de janeiro, na Praia do Pina. Morreram no acidente o piloto Daniel Galvão, de 36 anos, e a 1º sargento da Aeronáutica Lia Maria de Souza, de 34 anos.

Miguel estava internado desde o dia do acidente e na quarta-feira (31) teve uma uma piora no quadro neurológico devido ao trauma sofrido no acidente.