Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil

Após o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, ameaçar analisar e abrir um dos processos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta segunda-feira (1º) que “não há nenhuma motivação” para o impedimento.

“Como Vice-Presidente, afirmo que não há nenhuma motivação para a aceitação de pedido de impeachment do nosso PR Jair  Bolsonaro, o qual tem trabalhado incansavelmente para superar os desafios que o século XXI impõe ao Brasil”, escreveu Mourão em sua conta no Twitter.

Maia disse no domingo (31) a deputados que poderia abrir um processo de impeachment contra Bolsonaro, após seu partido, o DEM, deixar o bloco de Baleia Rossi (MDB-SP), candidato apoiado por Maia na sua sucessão na presidência da Câmara