Foto: divulgação/PRF

Um foragido da justiça, de 29 anos, foi preso na terça-feira (11/8) após ser flagrado sem a tornozeleira eletrônica que havia sido submetido e apresentar documentação falsificada em uma abordagem policial. O fato ocorreu no Km 830 da BR 116, em Vitória da Conquista, a 510 km de Salvador.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), agentes abordaram um ônibus e o nervosismo de um dos passageiros chamou a atenção. O jovem, tentando enganar a polícia, entregou uma carteira de identidade falsa, com a foto dele, porém com o nome de uma outra pessoa.

O rapaz acabou confessando que usava documentação falsa por medo de ser reconhecido, pois possuía uma condenação por crime de homicídio. Ele relatou que cumpriu nove meses de reclusão no presídio e recebeu o benefício de saída, condicionada ao uso obrigatório da tornozeleira eletrônica, mas, por medo de morrer, resolveu retirar o equipamento e fugir.

O suspeito declarou ainda que adquiriu a documentação falsa no estado de São Paulo e pagou R$ 120. Com ele foram apreendidos também um CPF e uma Carteira de Habilitação com indícios de falsificação. O homem terá acrescentado em sua ficha criminal o uso documento falso e falsidade ideológica.