“Quantos crimes ele precisará cometer?”, questiona Haddad sobre possibilidade de afastamento de Bolsonaro

Pelo Twitter, o ex-presidenciável Fernando Haddad (PT) afirmou que "só há duas maneiras de melhorar os números da pandemia: escondendo os óbitos ou afastando Bolsonaro".

0
109
Crédito da Foto: arquivo/Agência Brasil

No comentário, questionou “quantos crimes” o presidente da República precisará cometer para “encararmos a verdade” de que há – nas palavras dele – “um fascista na presidência”.

O comentário foi feito no final da noite desse sábado (6/6) e teve mais de 45 mil curtidas (no momento da publicação desta nota).

VEJA:

A crítica sobre esconder os óbitos se deve à retirada temporária, pelo Governo Federal, do número de óbitos da página oficial dos dados sobre a Covid-19.

Na última semana, a divulgação dos dados referentes à pandemia no Brasil foi atrasada por três vezes. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, inclusive, criticou a prática e a omissão do governo federal. Disse, na sexta-feira (5/6), que o Congresso criaria um sistema próprio para atualizar as informações caso a situação persistisse. “O ideal é que o governo restabeleça isso o mais rápido saúde.[…] Omitir informação é um erro muito grande”, disse, em vídeo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui