Ritos de passagem, como a virada do ano (mas também casamentos, nascimentos, formaturas…), trazem consigo a ideia de renovação. Independentemente do seu credo, é comum pensar no que vestir em datas especiais de modo a atrair boas energias.
Para entender o que as cores simbolizam e como elas podem trabalhar a nosso favor em 2019, falamos com o professor Anderson Maia, pesquisador da Faculdade Senai de Tecnologia Mário Amato, especializado em desenvolvimento e modificações pra materiais.

“A pesquisa de novas cores começa inevitavelmente na moda, e depois vai para pisos, tintas, carros, impressão gráfica,” explica o pesquisador, que trabalha a indústria desenvolvendo embalagens, fibras têxteis, acabamentos automobilísticos, cosméticos e todo universo de produtos. “Como sempre há a preocupação com a venda do produto, a cor tem papel importante nisso.”

Para ele, no próximo ano vamos trabalhar menos com looks monocromáticos, brincando com misturas de cores e respeitando suas harmonizações. Uma sugestão dele de como pensar em algo diferente é olhar para as combinações da natureza. “Em 2019, as cores estão com força natural. Não é a cor lavada ou suave que vamos encontrar nos produtos,” antecipa.

Veja a seguir as cores mais importantes de agora, o que cada uma representa e quais os tons que estão sendo usados na moda, decoração e embalagens, de acordo com as pesquisas de Anderson Maia.

Amarelo: há dois tipos em alta atualmente, o amarelo-cádmio (esverdeado) e o amarelo-cromo (avermelhado), ambos mais quentes, fortes e opinativos. No Brasil, o amarelo está sempre presente de uma forma ou de outra, pois traz energia e é associado ao verão. Se traduz em riqueza e fortuna e é algo legal de se pensar nessa época.

Azul: reencontro e pensamento são as grandes chamadas do azul. Traz calma e reflexão. Podem ser trabalhados em várias paletas, mas atualmente olha-se para os tons do mar (marinho mais escuro ao celeste do céu). Por isso, simbolizam poder!

Grafeno (grafite): tirado do novo material derivado do grafite que conduz energia e calor. Tem a mesma posição de honradez e elegância que o preto.

Variações do branco, como tons de linho, açúcar, gengibre: transmitem calma e espiritualidade. Representam também rusticidade nos materiais, que por questões sustentáveis podem ser menos alvejados para ficarem brancos.

Tons de vermelho: ideal para quem quer atrair paixão. O vermelho puro, que é uma cor de presença, muito amarga e visceral, estão essas variações de marrom com alta concentração de vermelho na composição, como rum, café e terra. Elas também mostram força e presença.

Tons de verde: não vem sólido, em peças lisas, mas como estampas e detalhes. Ajuda a compor esta onda de vegetalização que bateu na moda para atender a demanda (visual) dos grupos sustentáveis, vegetarianos e veganos. O tom ajuda a energizar e proteger
Coral: segundo a Pantone, 2019 é o ano coral. Para trabalhar com ela, basta olhar para um flaningo _a nuance do bico e das penas_ para criar algo interessante. É uma cor com forte presença de amarelo, com um pouco de vermelho em sua composição. Ocupa um lugar dos rosinhas no guarda-roupa, mas sozinha fica apagada e se significado. Uma maneira ideal é faz combinações, com preto ou outros tons de rosa, misturando parte de cima com parte de baixo da lingerie, por exemplo, ou em estampas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui