Foto: divulgação/Senai Cimatec

O primeiro ventilador pulmonar projetado pela Nasa a ser homologado no mundo, está pronto para ser replicado em escala industrial. ‘VITAL’ como é chamado, foi lançado na última segunda-feira (24/8) e será produzido pela indústria de equipamentos médicos Russer, depois de passar por adaptações no Senai Cimatec, instituição vinculada à Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), durante cerca de dois meses e meio.

De acordo com Valter Beal e Luiz Amaral, líderes técnicos do projeto no Senai Cimatec, o trabalho de adaptação e incrementos realizado na instituição baiana envolveu dez profissionais da casa. A expertise tecnológica da equipe permitiu que uma função única se tornasse o diferencial do equipamento: é o único do segmento a suspender o funcionamento durante um procedimento de reanimação de paciente, sem perder os parâmetros ajustados anteriormente.

A autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi obtida no dia 17 de agosto e a Russer deve produzir um primeiro lote de 300 aparelhos, cada um custando R$ 59 mil. A empresa é responsável por toda a cadeia de suprimentos, fabricação, montagem e comercialização final dos respiradores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui